Vocabulário de Ergonomia

Abaixo é mostrado um vocabulário de termos técnicos relacionados à Ergonomia e Saúde Ocupacional. Entre em contato conosco e contribua com mais palavras e seus conceitos.

ABERGO: Associação Brasileira de Ergonomia.

AET: Análise Ergonômica do Trabalho.

Antropometria: Ciência que estuda as medidas das partes do corpo humano.

ASO: Atestado de Saúde Ocupacional. É o atestado que define se o funcionário está apto ou inapto para a realização de suas funções dentro da empresa.

Atividade: Atividade é o trabalho efetivamente realizado, refere-se ao modo como a pessoa realmente executa uma tarefa prescrita. Segundo este conceito, atividade difere-se de tarefa.

Atores sociais: São todos os envolvidos, participantes em uma ação ergonômica, que podem ser individuais (o trabalhador, o ergonomista, o supervisor de produção, etc.) ou coletivos (sindicato de trabalhadores, a empresa, o Ministério Público, a Delegacia Regional do Trabalho, etc.). 

CAT: Comunicação de Acidente de Trabalho.

Check list: Traduzindo ao pé da letra seria "Lista de Verificação". Na Ergonomia, seria uma lista com vários itens a serem checados pelo Ergonomista em um posto de trabalho. Na maioria das vezes, estes itens são criados na forma de perguntas cujas respostas são usualmente "sim" ou "não", e para cada resposta é gerada uma pontuação de "1" ou "0". No final, a pontuação é somada para se obter uma pontuação final, que identifica o nível de risco a que o trabalhador está submetido.

CID: Código Internacional de Doenças.

CNAE: Classificação Nacional de Atividades Econômicas.

CIPA: Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.

Constrangimentos Ergonômicos: São as situações de desconforto e as limitações que impedem uma condição ideal. Os constrangimentos podem ser físicos ou mentais. Eles são impostos ao operador pelo ambiente operacional, organizacional, físico e espacial.

Cronoanálise: Estudo que utiliza a cronometragem como ferramenta. Com o tempo medido, deve-se avaliar o ritmo do operador, avaliar estatisticamente o número de medições exigidas e o grau de confiabilidade, para se obter um tempo puro para determinada tarefa.

Dinamômetro: Aparelho graduado de forma a indicar a intensidade da força aplicada em um dos seus extremos.

DORT: Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho.

Engenharia de Produção: Ciência que estuda o projeto, a implantação, a operação, a melhoria e a manutenção de sistemas produtivos integrados de bens e serviços, envolvendo homens, materiais, tecnologias, informação e energia. Compete ainda ao Engenheiro de Produção especificar, prever e avaliar resultados obtidos destes sistemas para a sociedade e meio ambiente, recorrendo a conhecimentos especializados da matemática, física, ciências humanas e sociais, conjuntamente com os princípios e métodos de análise e projeto de engenharia.

EPI: Equipamento de Proteção Individual.

Ergonomia: Palavra derivada do grego Ergon [trabalho] e nomos [normas, regras, leis]. Trata-se de uma disciplina orientada para uma abordagem sistêmica de todos os aspectos da atividade humana.

FAP: Fator Acidentário de Prevenção.

Fordismo: Idealizado pelo empresário estadunidense Henry Ford (1863-1947), fundador da Ford Motor Company, o Fordismo é um modelo de produção em massa que revolucionou a indústria automobilística na primeira metade do século XX. Ford utilizou à risca os princípios de padronização e simplificação de Frederick Taylor e desenvolveu outras técnicas avançadas para a época.

IBUTG: Índice de Bulbo Úmido Termômetro de Globo.

IEA: International Ergonomics Association.

Insalubridade: São consideradas atividades ou operações insalubres aquelas que, por sua natureza, condições ou métodos de trabalho, exponham os empregados a agentes nocivos à saúde, acima dos limites de tolerância fixados em razão da natureza e da intensidade do agente e do tempo de exposição aos seus efeitos.

Kanban: Palavra japonesa que significa literalmente registro ou placa visível. Em administração da produção significa um cartão de sinalização que controla os fluxos de produção em uma indústria.

Layout: Disposição física dos equipamentos e bancadas de trabalho com o objetivo de integrar totalmente todos os fatores de um arranjo físico, facilitar a movimentação de materiais por distâncias mínimas, fazer fluir o trabalho da fábrica, utilizar efetivamente todo o espaço e gerar satisfação e segurança para os empregados.

LER: Lesão por Esforços Repetitivos.

Métodos e Processos: Departamento de uma empresa responsável por prescrever as tarefas para os trabalhadores do setor produtivo. A prescrição do trabalho determina o tempo para que as tarefas sejam realizadas, os equipamentos a serem utilizados, os métodos a serem empregados, os EPI's necessários, etc. Em uma prescrição mais detalhada, pode-se determinar até mesmo os movimentos a serem executados pelo trabalhador.

Mock-up: Molde para teste em tamanho natural feito de madeira, papelão ou outro material com a finalidade de experimentar, ou seja, saber onde são os pontos fracos e fortes em uma idéia, um projeto. Para tanto, são usados materiais mais baratos e formas mais simples de produzi-lo. Em Ergonomia, geralmente o objetivo é experimentar e observar as condições de conforto em um posto de trabalho. O mock-up antecede o protótipo.

MTE: Ministério do Trabalho e Emprego.

NIOSH: National Institute for Occupational Safety and Health.

NR 17: Norma Regulamentadora de número 17 do Ministério do Trabalho, que trata sobre a Ergonomia.

NTEP: Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário.

PCMSO: Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional. Este programa é regulamentado pela NR 7 e tem como objetivo por meio de Exames Ocupacionais a promoção e preservação da saúde dos trabalhadores através de medidas prevencionistas, diagnosticando precocemente os agravos à saúde relacionados ou não ao trabalho.

PCP: Planejamento e Controle da Produção.

PPP: Perfil Profissiográfico Previdenciário. É um formulário com campos a serem preenchidos com todas as informações relativas ao empregado, como por exemplo, a atividade que exerce, o agente nocivo ao qual é exposto, a intensidade e a concentração do agente, exames médicos clínicos, além de dados referentes à empresa. O PPP deve ser preenchido para a comprovação da efetiva exposição dos empregados a agentes nocivos, para o conhecimento de todos os ambientes e para o controle da saúde ocupacional de todos os trabalhadores.

PPRA: Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Este programa é regulamentado pela NR 9 e visa à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho, tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais.

Questionário: Técnica de investigação composta por um número elevado de questões apresentadas por escrito a pessoas que tem por objetivo propiciar determinado conhecimento ao pesquisador.

SAT: Seguro Acidente do Trabalho.

Segurança do Trabalho: Setor de uma empresa responsável por elaborar um conjunto de medidas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador.

SESMT: Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.

SIPAT: Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho.

Tarefa: Tarefa é o trabalho prescrito, e refere-se àquilo que a pessoa deve realizar, segundo determinação da empresa.

Taylorismo: Modelo de administração desenvolvido pelo engenheiro estadunidense Frederick Winslow Taylor (1856-1915), que é considerado o pai da administração científica. Caracteriza-se pela ênfase nas tarefas, objetivando-se aumentar a eficiência da empresa aumentando-se a eficiência ao nível operacional.

Tempos e Movimentos: Análise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos objetivando a eliminação de movimentos inúteis, para que o operário execute de forma mais simples e rápida a sua função, a fim de que as atividades sejam feitas em um tempo menor e com qualidade, aumentando a produção de forma eficaz.

TRT: Tribunal Regional do Trabalho.

 
 Página Inicial

 
O que é Ergonomia?
 AET
 LER/DORT
 
Legislação
 ABERGO
 Entidades
 Vocabulário
 Ergolândia
 Produtos Ergonômicos
 Ginástica Laboral
 Computador
 Artigos e Textos
 Sites
 Revistas
 Livros
 Vídeos
 Cursos
 NTEP

 Fale Conosco
 Newsletter